Valor do Linkedin dispara

*Por Ramiro Gonçalez

 

Os valores das plataformas sociais não param de surpreender o mundo.
No último dia 20 de maio, o valor de mercado do LinkedIn mais do que dobrava em relação ao valor do lançamento das ações.

Explico: quando uma empresa fechada (capital próprio de poucos acionistas) é lançada ao mercado (ações comercializadas em bolsa) isso é chamado Oferta Pública de Ações.
Como é feito? Imagine que você tem um imóvel que acredita valer R$ 100 mil e quando anuncia (num jornal) vários interessados o procuram e ofertas chegam a mais de R$ 200 mil.

Algo análogo aconteceu ao Linkedin. Às 12h43 do dia 20, as ações da companhia subiam 126%, cotadas acima de US$ 101,8, ante o preço da oferta pública inicial de US$ 45. Com isso, o valor de mercado da empresa superava os US$ 8 bilhões.

LinkedIn está sendo negociado a um preço cerca de 600 vezes maior que o lucro!

Mostra uma tendência. No final de 2010, um banco de investimentos americano também avaliou o FACEBOOK muito acima de sua capacidade de geração de resultados. Evidente que os investidores apostam na capacidade futura de geração de caixa dessas empresas.

O interessante é que o LinkedIn é a primeira grande rede social dos Estados Unidos a ir ao mercado e testar seu valor. Mostrou claramente que existe demanda por ações de empresas como Facebook, Groupon e Twitter.

Parece que apesar da revolução nas plataformas de mídia, o objetivo continua o mesmo: ganhar muito dinheiro.
Novamente surgem dúvidas sobre a sustentabilidade da evolução desses valores. A pergunta frequente e pertinente: isso é uma bolha?

***
*Prof. Ramiro Gonçalez – FIA
Inteligência de mercado e mídia
@ramirogoncalez -> http://que-midia-e-essa.blogspot.com/
ramirogon@uol.com.br
Autor: Mídias e Negócios e QUE CRISE É ESSA?
________________________________
Artigos do mesmo autor: 
Anúncios

3 Comments

Add yours →

  1. Gisele Pinna 17/06/2011 — 11:02

    Afinal estamos ou não numa bolha?

  2. Lanna Morais 17/06/2011 — 22:17

    Parece ser uma tendência.

  3. Acho de grande valia, como por exemplo, a Rede Amazônica com seus canais ter densa raiz em diversos Estados da Região Norte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: