Guardian estreia site de Jornalismo de Dados e Infografia

Um dos jornais decodificadores do WikiLeaks, o britânico Guardian, inaugurou ontem, 16, o Data Store, portal dedicado ao Jornalismo de Dados, um foco tradicional e muito bem elaborado há tempos pelo diário.

A nova página inclui:

  • Os principais dados do dia
  • Dados da blogosfera
  • Dados governamentais de todo o mundo
  • Dados sobre desenvolvimento global

O jornal ainda pede sugestões para os leitores sobre o que gostariam de ver no novo website.

O DataBlog, também do Guardian, destaca que o jornalismo de dados serve para dar ao leitor uma boa perspectiva do que acontece em seu país e no mundo.

Explore o Data Store!

_________________________________

Continue lendo:

Anúncios

12 Comments

Add yours →

  1. Lanna, muito bom os gráficos do THE GUARDIAN. Particularmente eu prefiro os jornais ingleses. Já foram império e sabem que todo o glamour de ser império é bobagem. A FOX deveria visitar Londres…
    Fiz um post sobre o TWITTER VALE MAIS QUE O NYT? http://que-midia-e-essa.blogspot.com/
    Se puder deixar sua opinião, você sabe o quanto a aprecio. abs Ramiro

  2. olá lanna, valeu seu comentário no QUE MÍDIA É ESSA?. Respondi com um teste que faremos em blogs. Cobrança de comentários em blogs com alto tráfego. Vamos avaliar em junho 2011 os resultados. abs Ramiro

    • Lanna Morais 19/12/2010 — 19:33

      Realmente a ideia de cobrar por comentários é arrojada. Alguns sites nos EUA queriam implementá-la. Acho que só funcionaria com grandes portais e sites de notícias. Mas somente essa medida seria suficiente? Bjos

  3. Olá Lanna, acredito que não seja suficiente. Mas a equação que mantém um veículo no a é:
    40% propaganda e publicidade; 25% assinantes; 15% compra avulsa de conteúdo , 10% cobrança por interação (comentário publicado ou moderdado, resposta e análise de comentário) e 10 % outras plataformas.
    Essa FUNÇÃO RECEITA pode sustentar o jornalismo investigativo.

    • Lanna Morais 21/12/2010 — 14:39

      Ramiro, vc conhece algum jornal que começou a cobrar efetivamente por comentário? Ahhh, isso me faz lembrar um post que há tempos tenho que escrever. Vou tentar publicar ainda hj. =) Bjos

  4. olá Lanna, diretamente ninguém cobra, Mas vale a pena conhecer 2 experiências:
    1) FINANCIAL TIMES – Você compra conteúdo e ganha direito para interagir;
    2) EXAME: Cadastrou os comentaristas. Alguns conteúdos somente assinante.
    Não por coincidência, dois veículos de NEGÓCIOS.
    Abraços
    Ramiro

    • Olá Lanna, fiz um post “O FIM DO CARTÃO DE VISITAS”. Para profissionais de todas as áreas que tem trabalho free lance: publicitários, advogados, jornalistas e produtores de eventos.
      Abraços RAMIRO

  5. Feliz Natal e um ótimo 2011 para você sua família.
    Em 2011 vamos tomar um cafe: Deal !

  6. ola lanna, veja que interessante o programa de voluntarios para OLIMPIADAS 2012 em LOndres -> http://migre.me/3nkXN . Vale investigar se ha algo parecido no Brasil para Copa. Para RIO 2016 eu sei que ha. Entretanto a COPA esta muito desorganizada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: